Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Mauriti-CE: Espaço para recuperar dependentes químicos

Mauriti-CE. Uma das maiores obras sociais na América Latina e que possui unidades em vários países do mundo, terá uma delas inaugurada hoje, no Município de Mauriti. A Fazenda da Esperança abre as portas para o tratamento de dependentes de drogas, com 30 vagas inicialmente no Cariri, para pessoas do sexo masculino. O projeto receberá o nome do Padre Cícero e está sendo realizada por meio da Diocese do Crato. Parcerias também são efetivadas para a manutenção da entidade, além de contar com o trabalho de missionários voluntários.

A entrega da Fazenda, a quarta unidade do Ceará e a primeira no Interior do Estado, acontece oficialmente hoje, com a realização de uma missa solene, às16 horas, presidida pelo bispo diocesano, dom Fernando Panico, e concelebrada pelos padres da diocese, o fundador da Fazenda da Esperança, frei Hans Stapel, o diretor nacional, Nelson Giovanelli, e o coordenador regional, padre Justene de Oliveira. O governador do Estado, Camilo Santana, e outras autoridades, confirmaram presença no evento.

Missionários de várias unidades do Brasil se encontram na Diocese de Crato, há mais de 15 dias, com a finalidade de implantar esse projeto, delineando todos os aspectos para o desenvolvimento dos trabalhos. São 14 deles no local. Além do Brasil, a Fazenda da Esperança atua com unidades no México, Guatemala, Colômbia, Paraguai, Uruguai, Argentina, Alemanha, Moçambique, Rússia e Filipinas. Só no Nordeste do Brasil possui 20 unidades.

A 5km da cidade, no Distrito Coité, em Mauriti, as atividades serão desenvolvidas para aquelas pessoas que aderirem voluntariamente à metodologia de trabalho. Cada pessoa tem a oportunidade de vivenciar os métodos desenvolvidos na fazenda por um ano. Os resultados têm sido surpreendentes, segundo o missionário Adriano Gomes, que veio de Recife, em Pernambuco, para Mauriti auxiliar no processo de implantação do projeto.

Ele não sabe ainda se irá permanecer no Cariri ou estará voltado para trabalhos em outras unidades. Na região, irão permanecer sete missionários, que realizam suas ações em prol da recuperação de outras pessoas, principalmente mais jovens, de forma voluntária.

Ele destaca a iniciativa desse trabalho e o seu pioneirismo no Brasil, iniciado para ser referência no mundo. Começou no interior de São Paulo, em Guaratinguetá, por meio da iniciativa de frei Hans Stapel. Desde o franciscano alemão até os dias de hoje, são mais de cinco décadas de uma ação que já recuperou do mundo das drogas milhares de pessoas.

O trabalho começou com o lema de se fazer forte com os fracos e a conquista para Deus. Os princípios da busca de fortalecimento pela espiritualidade é um dos pilares desse processo.

São 108 unidades em todo o mundo. Mas, os missionários alertam para aqueles que querem aderir ao tratamento da necessidade de se acolher a pedagogia de trabalho. "Tem que ter maturidade para encarar esse novo momento", diz ele. Tanto que, no local, o espaço é aberto 24 horas. "Aqui não fechamos as portas. As pessoas têm que buscar se libertar dos vícios, com o desenvolvimento a cada dia, por meio de um processo de aceitação de uma nova realidade".

O bispo destacou a grande expectativa para este momento de entrega da unidade terapêutica, e que apresentou a realidade diocesana de devoção ao Padre Cícero, padroeiro da primeira Fazenda da Esperança do Interior do Ceará. O processo de triagem inicial dos missionários já possibilitou a acolhida de dois internos, um da cidade de Missão Velha e outro do município de Barro.

Os dependentes químicos, ao manifestarem o desejo de saírem das drogas, passarão por uma triagem e após este passo a coordenação da casa dará início ao processo terapêutico. Para isso, o interessado deve escrever uma carta de próprio punho e entregar na Fazenda da Esperança. As cartas já estão sendo recebidas pela coordenação. Mais informações, entrar em contato com a cúria diocesana pelo telefone (88) 3521-1110.

Adriano Gomes decidiu investir no trabalho voluntário. Foi viciado em drogas como maconha, cocaína e até o crack. Ele passou pelo processo de recuperação da Fazenda da Esperança, que tem como principal base de tratamento o trabalho, a convivência e a espiritualidade.

Oficinas

"A droga faz a gente vivenciar uma experiência de ilha. Já a fazenda resgatou para mim o valor do trabalho", afirma. Ele chegou a realizar oficinas de artesanato e auxiliava no processo de organização da casa. No Cariri, a nova etapa de trabalho da unidade terá, no começo das atividades, uma fábrica de velas, outra de terços e uma padaria.

A Fazenda da Esperança acolhe pessoas com idade entre 15 e 45 anos, que desejam se recuperar livremente de drogas, álcool e tantos outros tipos de vícios, passando assim por o processo pedagógico. Após o ingresso, os parentes poderão visitá-lo a partir do terceiro mês, quando os relacionamentos são reatados, a fim de superarem juntos os problemas gerados pelas drogas e pelo álcool.

Mais informações

Mauriti.M@fazenda.Org.Br

Telefone (88) 3521-1110/3552. 1327




Fonte: Diário do Nordeste
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India