Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Pe. Reginaldo Manzotti, Boletim Informativo (1 julho)



Filhos e filhas,

Bíblia aberta, cartilha de oração! Certamente você já conhece essa frase que não me canso em dizer. A Palavra de Deus é realmente um tesouro e me encanta muito fazer diariamente a leitura orante, seja particular, no rádio (Experiência de Deus) ou na TV (Sinais do Sagrado).

Essa semana, no rádio, começamos o Evangelho de São João, pode parecer complicado, mas não desista, ao contrário insista, porque vai valer a pena. Dos quatro os evangelistas, três são os chamados sinóticos, porque são semelhantes entre si, Mateus, Marcos e Lucas. O evangelho de João é mais teológico, menos narrativo com uma simbologia mais acentuada.

A arte cristã atribui um símbolo a cada um dos quatro evangelistas. Esta atribuição é feita a partir dos textos de Ezequiel 1,1-4 e de Apocalipse 4,6-7, que falam de quatro seres vivos com aparência de touro, leão, ser humano e águia.

O primeiro a relacionar os evangelistas com estes seres foi Santo Irineu. Depois foi Santo Agostinho. Assim, surgiu o costume de representa os quatro autores nas pinturas e nas esculturas junto aos seus símbolos.

Mateus é representado por um homem porque inicia o seu evangelho com a genealogia de Jesus, mostrando a sua origem e descendência humanas, marcados pelo seu nascimento.

Marcos inicia o seu Evangelho falando de João Batista, a voz que clama no deserto (cf. Mc 1,1-25). Seu símbolo é um leão, representando as feras que habitam o deserto. 

Um touro simboliza o evangelista Lucas. Ele inicia o seu Evangelho falando do Zacarias, sacerdote em função naquele ano e cuja tarefa era oferecer sacrifícios no Templo de Jerusalém. O touro é a representação dos sacrifícios oferecidos (cf. Lc 1,25). 

João é representado por uma águia porque voa alto, vai mais alto na teologia, nos sinais. Ele começa com a divindade do Verbo, dizendo: ‘No princípio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus, e o Verbo era Deus’ (Jo 1, 1).

João foi o último dos evangelhos a ser escrito, atribuído mais ou menos no ano 100, e ele vai alto. Já no primeiro capítulo, no prólogo, São João nos diz que na criação o Filho já estava no Pai, assim como o Espírito. Tem esse propósito, dizer que mesmo antes da criação, Jesus já existia.

Filhos e filhas, a Palavra de Deus é um tesouro inesgotável e quanto mais conhecemos, mais amamos. Habitue-se à Sagrada Escritura, familiarize-se. Tenho certeza absoluta que irá enriquecer muito sua existência.

Que assim como São João, possamos acolher a Palavra de Jesus e com amor levar as sementes do Reino Deus por onde passarmos. Amém.

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India