Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

sábado, 10 de outubro de 2015

‘A policia só aparece na televisão quando ela erra’, revela psicóloga sobre queixas de agentes da segurança

A violência urbana é um menu preferido nas rodas de conversa qualquer que seja o segmento social. Assaltos, homicídios, sequestros, chacinas, latrocínios, drogas e outras penalidades são artigos contidos no Código Penal. Dói no coração assistirmos famílias assombradas diante de tanta iniquidade.

A sociedade cobra do governo mais segurança como anteparo para conter o signo da violência. A estratégia do crime vai sendo construída pelo pavor da pacata cidadania. E a polícia? Esta é um capitulo especial.

A responsabilidade dos policiais na área da segurança é um viés que nunca se completa. Homens que escolhem uma profissão de risco e sem glória nos momentos atuais. Não há hiato nesta guerra contra o crime. As baixas não ficam estabelecidas na frase da musica ‘tá lá um corpo estendido no chão‘. Há sequelas á mostra quando fadiga, desânimo e incertezas corroem o ser humano no desempenho como agente da lei. É uma luta sem fronteiras e desigual para quem vive sob vigília.

Num seminário realizado durante dois dias, 8 e 9, em Fortaleza, no auditório Murilo Aguiar anexo do plenário da Assembléia Legislativa foi discutido ‘A Saúde Mental dos profissionais de segurança do Ceará: Desafios e perspectivas para a prevenção e o tratamento’. A psicóloga Rebeca Moreira Rangel  que trabalhou junto ao Batalhão de Choque durante 10 anos aqui no estado, sai em defesa dos policiais militares apontando que ‘ a falta de investimento do governo no policial militar. Qual é a realidade dele e, do que ele precisa?’ questiona, para em seguida revelar que a tropa se queixa de que a ‘polícia só aparece na televisão quando erra’.
Rebeca Rangel insiste na questão do investimento no homem, com objetivo de oferecer também estrutura adequada de contribuir no desempenho das funções.
Ao concluir as observações, a psicóloga que também é Mestra em Politicas Públicas pela Uece, critica que o tempo de formação policial é curto demais para as inúmeras dificuldades que serão apresentadas no exercício das atividades do dia a dia. 

Fonte: www.verdinha.com.br
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India