Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Pe. Reginaldo Manzotti, Boletim Informativo (11 novembro)

Filhos e filhas,

Já estamos na segunda semana de novembro, daqui a pouco tempo, acabou-se o ano de 2015. Em meus programas de rádio e TV e também em missão, pelo Brasil afora, ouço a partilha das pessoas dizendo que já estão no automático, em um cansaço de final de ano.

Creio ser normal sentir isso, mas não podemos deixar que esse esgotamento chegue até nossa vida espiritual, devemos sempre ser sedentos de Deus. Como nos diz o salmista: “A minh ‘alma tem sede de Deus, pelo Deus vivo anseia com ardor” (Sl 42(41), 3). Toda alma, na sua natureza, tem sede de Deus e por incrível que pareça nunca estará saciada sempre vai querer mais, só se saciará quando estiver face a face com Deus.

Num primeiro momento, muitos poderão se identificar, como uma alma árida, mas é preciso refletir para diferenciar um cansaço de uma aridez espiritual. Por isso quero esclarecer o que é essa aridez para ajudar a tantos nesse quase fim de ano.

A aridez espiritual é dolorosa, mas necessária. São João da Cruz fala da aridez, como a noite escura da fé, não uma noite traiçoeira, mas noite escura que muitos podem estar passando. Ela é necessária é importante para a vida espiritual, porque purifica a nossa sensibilidade, nos faz crescer no verdadeiro amor.

A noite escura, o momento de aridez é quando rezamos e parece que nossa oração foi uma porcaria. É quando nos sentimos o pior dos seres humanos, choramos os próprios pecados e vivemos uma parte dolorosa: o silêncio de Deus, que leva, às vezes, a uma angustia mortal. Lembremo-nos do Getsêmani onde Jesus passou na noite em que foi traído por Judas, a Sagrada Escritura nos diz que sua alma viveu uma tristeza mortal (cf. Mt 26,38), aridez, noite escura. Só que tem um detalhe, Jesus viveu uma tristeza mortal, mas não se entregou, não teve medo, teve uma angustia mortal na alma, suou sangue, mas Ele se levantou e enfrentou dizendo aos guardas: “Sou eu”. 

Um dos sintomas da aridez é a perda da alegria, e a sensação de angustia, mas não podemos confundir noite escura e angústia com depressão. A angústia no contexto da vida espiritual é uma renovação, a angustia é positiva, o que não tem nada haver com depressão, autodestruição e perda do sentido de viver. A angústia é um elemento de crise, e a crise não é um elemento negativo, é sinal de crescimento.

A diferença entre uma alma vazia e uma alma árida é que, a alma vazia nunca bebeu a água, então não sabe o gosto. Enquanto que, alma árida é uma alma que já provou do lado aberto do Cristo o rio de misericórdia, já provou do Cristo a água que jorra para a eternidade. É como a samaritana, a quem Jesus disse: “Se soubesses quem te pede de beber, você é quem pediria” (Jo 4, 10).

O objetivo de uma noite escura é levar-nos a nos despojar, a nos despir do nosso ego, de nossas vaidades, até na oração. Então, filhos e filhas, que neste mês de novembro busquemos a santidade ficando firmes em uma noite escura e abandonando tudo que nos afasta de Deus.


Associação Evangelizar é Preciso
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India