Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

quinta-feira, 10 de março de 2016

As duas vidas de Ciel: de garoto- problema a exemplo em Dubai

Ciel não gosta de falar do passado. Talvez porque a vida que o atacante leva hoje, há cinco anos em Dubai, se caracterize por valores opostos aos ostentados anos atrás, como família, profissionalismo e religião. Se em 2009 o ex-jogador de Fluminense e Ceará foi preso por agredir uma garota de programa e, meses depois, dispensado do Paços de Ferreira, em Portugal, por chegar ao treino de ressaca, ele afirma ter se transformado: de jovem promissor e problemático em "exemplo" e "referência" no país onde atua.
Nos Emirados Árabes, onde a maioria é islâmica, o atleta diz ter se aproximado de Deus. Contou com ajuda da esposa, Rutilene, e de amigos "verdadeiros" no processo de começar a carreira pela segunda vez. A primeira foi quando tinha 15 anos, no Porto de Caruaru, clube em que foi revelado. O renascimento aconteceu em 2011, aos 29, no Al Shabab. Foi o momento em que o atacante abandonou os problemas de bebida e resolveu virar o jogo na sua vida pessoal e profissional. 

- Passei a fazer amizade com pessoas sinceras, daquelas que te levam para o caminho do bem. É ruim ter amigos que te levam para o mal, que só querem estar perto por causa da fama e que, quando você está por baixo, vão embora. Tinha caras que iam para os cultos, mas eu encontrava com eles nas festas de fim de semana. Agora, estou ao lado de pessoas que seguem mais a palavra, que me ajudam nesse processo - conta, em entrevista ao GloboEsporte.com, por telefone.
O início no mundo árabe, cinco anos atrás, exigiu de Ciel mostrar serviço logo de cara. Após marcar 14 gols pelo ASA na Série B do Brasileirão de 2010, fechou contrato com o Al Shabab por seis meses, com esperança de renovação se o trabalho fosse excelente. O jogador via a oportunidade como a última da carreira e não a desperdiçou. 

- Não senti dificuldade nenhuma. Falo isso de coração. Eu botei dentro de mim que eu queria uma vida melhor para minha família - diz.

Ciel teve seu contrato renovado pela primeira vez na vida e se manteve na equipe por mais três temporadas. Em 2014, foi transferido para o Al Ahli. Aos 33 anos, do lado da esposa e das filhas Sara e Yasmin, de dois e seis, o atleta vive uma vida tranquila nos Emirados Árabes. Marcou nas últimas duas partidas do seu time, que é líder do campeonato nacional. Ele acredita que, hoje em dia, é tido como exemplo de profissionalismo por ser o primeiro a chegar e o último a sair dos treinos, pela forma como se relaciona com os companheiros de equipe, incluindo o ex-cruzeirense Everton Rodrigues, e, mais importante, pelos seus gols.

- Toda equipe quer um jogador como Ciel, com todo respeito. Pelo trabalho que faço, dentro e fora de campo. Eles veem o jeito do jogador, o carinho, o respeito pelas pessoas. Aqui, valorizam mais isso. Querem um atleta profissional. Hoje, graças a Deus, sou uma referência em Dubai.

"RESENHAS" COM WESLEY SAFADÃO EM DUBAI

- Ele é resenha demais, pai.

É assim que Ciel define Wesley Safadão, aquele que chama mais atenção entre seus novos amigos. Além de muita "resenha", não é exagero dizer que a relação entre os dois chegou ao nível de confiança. Tanto que o jogador deixou seu novo corte de cabelo nas mãos do cantor de forró, no tempo em que passaram juntos em Dubai, em meados de fevereiro. A foto virou clássico instantâneo nas redes sociais.
- Ele chegou para mim e falou que queria fazer meu cabelo. Aí eu disse: "Sai daí, Wesley. Você querendo fazer meu cabelo?". Mas ele se garantiu, fez meu cabelo, chapinha e tudo. Brincou muito aqui. Jogamos futevôlei, passeamos, fomos para restaurante. É um cara muito humilde. Por isso que ele é essa pessoa querida por todos - conta.

Os dois se conhecem há dois anos, e foram apresentados pelo motorista do cantor.

- Eu o conheci através do Baratinha, com quem eu tinha contato na época em que jogava pelo Icasa. Aí quando fui em Caruaru, há dois anos atrás, nos conhecemos no hotel. Quando estava em Fortaleza, ele me convidou para ir no seu show e me chamou para a casa dele, na festa de São João. Eu e minha família fomos muito bem recebidos. Agradeci por tudo e falei que, se ele quisesse conhecer Dubai, as portas da minha casa estariam abertas. Quando ele me mandou mensagem falando que vinha para cá, ajeitamos tudo para recebê-lo. E ele gostou muito. Disse até que talvez volte no ano vem.


Fonte: Globoesporte.com
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India