Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

sábado, 13 de agosto de 2016

A segunda semana de agosto é dedicada a vocação familiar

O dia dos pais é uma data muito importante para aqueles que exercem com alegria esta vocação. A paternidade é uma vocação. Nem todos são chamados a exercer essa missão. O pai não é só aquele que coloca no mundo, o pai não é só do ponto de vista físico, aquele que alimenta, que dá as condições físicas para que seus filhos e filhas cresçam, mas o pai é sobretudo aquele que está presente, aquele que acompanha, orienta, corrige, se alegra e se entristece com a vida do filho.

O pai é aquele em que o filho pode sentir confiança, aquele que nunca larga a mão do seu filho, está sempre próximo e acompanha o crescimento, a evolução, a vida dos seus filhos e filhas. Por isso ele é uma vocação. Por isso na Igreja, no mês de agosto, nós dedicamos a segunda semana a vocação familiar e dentro da vocação familiar, nós motivamos, e ao mesmo tempo esclarecemos essa vocação importante que é a paternidade, a vocação do pai.

Acredito que são dois os principais desafios que a família enfrenta na atualidade: os meios de comunicação e o individualismo. Os meios de comunicação hoje, quando são mal usados, quando não há uma formação para esse uso, sem dúvida se tornam um grande problema para a família. Elas se tornam individualistas, não se encontram mais face a face, não são capazes de partilhar as suas dificuldades, os problemas com os seus membros.

Os meios de comunicação, que sem dúvida nenhuma são muito importante, se tornam nocivos, a começar pela televisão, quando nós trocamos os nossos oratórios da sala pela televisão e não nos disciplinamos com o uso deles. É preciso a consciência, é preciso preparar-se para usar esses meios. Ainda ontem na celebração, durante a missa eu vi uma criancinha perto de outra também com o celular, em plena celebração se comunicando sabe Deus com quem. Então eu penso que um grande desafio para as famílias hoje é como disciplinar o uso desses aparelhos, que são importantes para a vida da gente.

Um outro desafio eu penso que é o individualismo. As pessoas estão, por causa do individualismo, relativizando todas as coisas. A verdade se torna a verdade pessoal, a verdade se torna relativa e a verdade não é isso. Ela não pode ser relativizada. Ela é absoluta a medida em que nós procuramos vivencia-la. Esse individualismo destrói a comunhão da família. A falta de um tempo para a família, a falta de uma horário para a família, a falta de estar juntos. O domingo, por exemplo, é o dia do Senhor, é o dia da família, dia de estar junto, de visitar os avôs, as avós, o pai, a mãe, de estar em casa com os pais, passar o dia com eles e passar esse dia significa conviver, acolher, prestar atenção, perceber as mudanças. Eu creio que isso seja um grande desafio.

Queremos hoje não somente parabenizar os pais que assumem com dignidade e alegria essa vocação, mas queremos também rogar a bênção de Deus sobre todos eles para que possam, na fidelidade, assumir a sua missão, no compromisso com a sua esposa, sendo presença paterna, segura, orientadora, iluminadora na vida dos filhos.

*Palavras de Dom Gilberto Pastana em entrevista à Rádio Jangadeiro FM, no dia 13 de agosto de 2016.


Fonte: Site da Diocese do Crato
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India