Faça Aqui Sua Aposta

SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Polícia investiga pessoas que telefonaram interessadas em bebê anunciado em site de vendas

Um dia após o Tribuna do Ceará denunciar que uma bebê estava sendo comercializada no site de vendas na internet OLX, a Polícia Civil entrou em ação para investigar o caso. O gestor da Coordenadoria da Criança e do Adolescente, da secretaria da Cidadania e Direitos Humanos de Fortaleza, Estefânio Melo, informou que a Polícia já sabe todos os dados dos responsáveis pela criança e de pessoas que tentaram comprar o bebê em telefonemas.

Estefânio ressaltou que todos os dados foram levantados ainda nesta segunda, mas que a investigação permanece em sigilo. “O telefone do responsável pelo bebê já foi grampeado para ser feitas as investigações. Além disso, localizamos onde eles moram, quem manteve o contato e, principalmente, quem teve realmente o interesse de compra da criança”, explicou.

Estefânio adianta que tanto o comerciante quanto a pessoa que tenta comprar uma criança respondem pelo mesmo crime, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). “Quem tentar ofertar ou pagar pela criança também responde a crime, que varia de um a quatro anos de prisão, além de multa”. 

Por meio de nota, a Polícia Civil do Estado do Ceará informou que as investigações ainda estão em andamento para esclarecer o fato.  “A Polícia Civil segue com as investigações sobre o caso. Não comentaremos os métodos de apuração para não comprometer os trabalhos policiais. O sigilo se faz necessário como forma de garantir a efetividade nas investigações sobre o fato”, destaca a nota.

Filtro de segurança

Uma das alternativas para tentar evitar este tipo de crime na internet seriam os filtros de segurança em sites de vendas. Para Estefânio, proibir determinados tipos de anúncios com palavras como a do anúncio do bebê (“Vende-se bebê”) já seria uma medida preventiva.

“A OLX deveria se esforçar mais para tentar evitar esse tipo de crime. Colocar vende-se um bebê era pra ser proibido. No entanto, eles não têm filtro algum e isso facilita que pessoas utilizem esses meios para cometer esses crimes. Outras pessoas que de fato tratam isso como mercado vão atrás e acabam conseguindo comercializar crianças. É uma situação bem preocupante”, contextualizou.

Quem encontrar anuncios de venda de crianças ou adolescentes em redes sociais e/ou sites de vendas deve realizar denúncias imediatamente. O registro deverá ser feito através do número 190 ou 100.

O site de vendas OLX entrou em contato com o Tribuna do Ceará e ressaltou que o anúncio permaneceu por menos de 1 hora no site, sendo removido pelo próprio usuário. Além disso, informou que o anunciante foi banido de forma permanente do site, não podendo mais anunciar.

Confira a nota na íntegra:

“Em relação à reportagem veiculada no dia de hoje, 26 de dezembro, no site da Tribuna do Ceará, a OLX esclarece que repudia a atitude e lamenta profundamente o ocorrido, pois isso viola completamente os Termos e Condições de Uso do site.

O anúncio – que permaneceu por menos de 1 hora no site – foi removido pelo próprio usuário que foi banido permanentemente da OLX.

A OLX informa que disponibiliza um botão de denúncia em todos os seus anúncios possibilitando que qualquer pessoa denuncie eventuais práticas irregulares ou conteúdos indevidos. A empresa reforça, ainda, que está à disposição das autoridades para colaborar nas investigações.

A OLX preza pela qualidade do serviço prestado e, para isso, conta com uma equipe de atendimento dedicada a aprimorar e melhorar ainda mais seu serviço, a fim de manter segura a comunidade de usuários.

Fonte: Tribuna do Ceará
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no blog não significa que seja o pensamento do blog.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India