SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Governo analisa volta às aulas em escolas com modelo híbrido, mas não define data

Através de uma transmissão entre o Ministério Público Estadual (MPCE) e a Secretaria da Educação do Governo do Ceará (Seduc), na tarde desta sexta-feira (17), o secretário de Ensino Médio e Profissional da Seduc, Rogers Mendes, falou que as autoridades estão estudando a possibilidade de retomar as aulas em escolas a partir de um modelo híbrido, ou seja, tanto presencial quanto remoto.

Apesar da perspectiva, não há data definida para o início da retomada.

De acordo com o secretário, os efeitos da pandemia do novo coronavírus devem se perdurar para além do que se havia previsto. “Mesmo com a vacina neste ano, esse processo ainda vai levar um tempo. Então, nós pensamos que o ensino híbrido pode ser uma realidade até o início do ano letivo de 2021”, disse.  

Apesar da possibilidade da modalidade ser adotada pelas escolas estaduais, o secretário afirma que não há planos de iniciar as primeiras semanas de agosto de maneira presencial. “Nossa intenção é aprofundar melhor o plano de retomada e iniciar o período ainda de forma remota”.
 
“A gente não vai forçar as famílias a mandarem seus filhos à escola em um período deste. Vamos ter que estar preparados para atender aquelas pessoas que, ou já têm comorbidade, ou aqueles que não se sente confortável em sair, para que eles continuem o ensino de forma remota”, avaliou.
 
No diálogo com a representante do MPCE, a procuradora de Justiça Elizabeth Almeida, Rogers ainda acrescentou que o governo prevê um novo ciclo de planejamento para as aulas remotas a partir do segundo semestre deste ano. “Vamos identificar aqueles estudantes com dificuldades. Nós já avançamos bastante, mas ainda temos muito o que fazer. Estamos falando de desigualdades estruturais do país”, colocou.
 
Sobre o retorno presencial, o secretário disse que a Seduc está se preparando para um processo de rodízio com a garantia sanitária necessária. “Já estamos nas fases de orçamento para compra de materiais para garantir a segurança de funcionários e alunos. Além disso, a gente não pensa em voltar com 100% dos estudantes. Talvez a gente passe um bom tempo não ultrapassando a capacidade de 25% de alunos simultaneamente em uma semana”, mencionou. 

Por: Diário do Nordeste 
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no site é de responsabilidade de quem comenta e não significa que seja o pensamento do site.
Material produzido pelo site é liberado para reprodução, desde que seja mantida a ética de citar a fonte.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India