SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Chuva registrada em 48 horas é equivalente ao esperado para 21 dias, diz Defesa Civil do Recife

A Prefeitura do Recife divulgou o balanço das chuvas do fim de semana. Segundo a Defesa Civil, o índice pluviométrico acumulado em 48 horas foi de 230 milímetros. Ou seja, entre 17h de sexta-feira (6) e 16h deste domingo (8), a capital notificou uma precipitação equivalente ao esperado para 21 dias. A média histórica de abril é de 326 milímetros.

Neste domingo, houve 14 pequenos deslizamentos de barreiras, mas ninguém ficou ferido. Em Nova Descoberta, na Zona Norte, os bombeiros receberam o chamado para averiguar o caso de uma criança que teria desaparecido em um acidente com um uma encosta. O fato não foi confirmado.
No bairro de Porto da Madeira, na Zona Norte da cidade, os bombeiros foram acionados para resgatar uma família que ficou ilhada. Um homem passou mal em casa e teve que ser levado de bote até uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Durante o fim de semana, a Defesa Civil registrou 192 chamados para vistorias e colocação de proteção plástica em morros. A prefeitura disponibilizou um efetivo de mais de 600 profissionais. Eles atuaram no trânsito, drenagem de vias e monitoramento de áreas de risco.

A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente e pode ser acionada por meio do telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita e a Central de Atendimento funciona 24 horas.

A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) registrou ocorrências envolvendo a queda parcial ou total de árvores nos bairros da Cabanga, na área central, Encruzilhada, na Zona Norte, e Boa Viagem, na Zona Sul. Foram registrados 20 acidentes, com duas pessoas feridas.

A Autarquia de Trânsito e Transportes (CTTU) registrou problemas em 35 semáforos. Até o fim da tarde deste domingo (8), as falhas tinham sido solucionadas em 24 equipamentos. Quatro estavam em fase de reparos e os demais encontravam-se com defeiro até a divulgação do balanço, às 17h30.

Alerta
As fortes precipitações, segundo a Apac, são causadas por dois fenômenos climáticos comuns na região durante o período do outono. O primeiro é um vórtice ciclônico de altos níveis e o outro são os distúrbios ondulatórios de leste, que trazem perturbações vindas do oceano para o continente.

Na sexta-feira (6), a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta de precipitações de moderadas a fortes para o Grande Recife e Zona da Mata. No sábado (7), o avido foi renovado e incluiu o Agreste.

Operação Inverno
Em março deste ano, a prefeitura deflagrou a Operação Inverno 2018. As ações são executadas por diversas Secretarias e órgãos municipais.

Este ano, a operação inclui a execução de 40 obras de contenção de encostas, o incremento no Programa Parceria e a realização de 12 simulados para preparação contra desastres em áreas de risco. O valor investido na Operação Inverno 2018 é de R$ 81 milhões.

Fonte: G1 PE
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no site é de responsabilidade de quem comenta e não significa que seja o pensamento do site.
Material produzido pelo site é liberado para reprodução, desde que seja mantida a ética de citar a fonte.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India