SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Nove cidades do Cariri recebem incentivo de R$ 100 mil por redução de arboviroses

O Governo do Ceará liberou o montante de R$ 10 milhões referente ao incentivo instituído em 12 de junho de 2017, na mobilização Todos contra o Mosquito, para investimento em ações de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Ao todo, foram 100 municípios do estado contemplados e que agora participam do rateio do incentivo, cabendo R$ 100 mil a cada um.

Na região do Cariri, nove cidades foram contempladas por cumprirem as metas e alcançarem parâmetros satisfatórios nos critérios de avaliação estabelecidos no Termo de Compromisso assinado pelo governador Camilo Santana e pelo secretário da Saúde, Henrique Javi. São elas: Aurora, Brejo Santo, Campos Sales, Farias Brito, Jati, Mauriti, Milagres, Porteiras e Santana do Cariri.

A maior cidade do interior do Ceará, Juazeiro do Norte, está entre as cidades que não receberam o incentivo do Governo do Estado. O coordenador de vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, Nélio Moraes, minimiza a “não inclusão” e afirma que isso não quer dizer, ao pé da letra, que as cidades fora desta lista não obtiveram êxito na redução dessas doenças.

O rateio do incentivo financeiro contemplou os municípios cearenses que cumpriram seis critérios de execução das ações previstas para o período de julho a dezembro de 2017. Entre esses critérios estão a instituição do comitê municipal intersetorial de combate ao mosquito, monitoramento dos indicadores de qualidade da vigilância das arboviroses, cobertura mínima da visita domiciliar de 80% dos imóveis do município e apresentação do Plano Municipal de Ação de Vigilância e Controle das Arboviroses para 2018.

“O importante é que os municípios poderão contar com o valor, que é bem expressivo e significativo, e com certeza incrementará as ações de vigilância em saúde relacionadas às arboviroses”, avalia o secretário Henrique Javi sobre a liberação do incentivo.

O resultado da mobilização é visto nos índices de arboviroses do Ceará até a Semana Epidemiológica 45 de 2018 (de 1º de janeiro até 10 de novembro). Houve uma redução de 98,8% do número de casos confirmados de chikungunya na comparação com igual período de 2017. Até a semana epidemiológica 45 de 2017 (de 1º de janeiro até 11 de novembro), o estado confirmou 104.880 casos da doença. Já em 2018, foram 1.295. Em relação à dengue, a queda foi de 25.013 para 3.183. Já os casos confirmados de zika, foram reduzidos de 577 para 37 (93,6%).

Fonte: Site Badalo
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no site é de responsabilidade de quem comenta e não significa que seja o pensamento do site.
Material produzido pelo site é liberado para reprodução, desde que seja mantida a ética de citar a fonte.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India