SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com

domingo, 17 de novembro de 2019

'A quadrilha nesse país foi montada por Moro, Dallagnol e Bolsonaro', diz Lula, em discurso no Recife

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou para uma multidão no Pátio da Nossa Senhora do Carmo, no Centro do Recife, na noite deste domingo (17), durante a realização do festival Lula Livre. Além de criticar a agenda econômica do governo de Jair Bolsonaro, o petista voltou a se referir a Sérgio Moro e Deltan Dallagnol como "criminosos". "Eles tentaram um acordo para que eu saísse da cadeia porque eu passei a ser um problema para eles. Eu não quis ficar preso em casa porque minha canela não é de pombo para ter tornozeleira", disse. "Eu poderia ter ido para outro país, mas escolhi a Polícia Federal porque eu tinha que desmascarar Moro, Dallagnol e Bolsonaro. [...] A quadrilha nesse país foi montada por Moro, Dallagnol e todos aqueles que me julgaram".

Em sua primeira vinda ao Nordesta após saída da sede da Polícia Federal em Curitíba, o petista subiu no palco por volta das 19h, de mãos dadas com a cirandeira Lia de Itamaracá, uma das atrações do festival. Maciel Salu, Bruno Lins, Mundo Livre S.A, Doralyce, Francisco el Hombre e Odair José foram outros artistas da programação, com quase 50 nomes escalados. Fernando Haddad, candidato à presidência pelo PT em 2018, também marcou presença no palco. Dos petistas estaduais, João Paulo, Marília Arraes e Humberto Costa assistiram o discurso. De acordo com os organizadores, o público estimado foi de 200 mil pessoas.

Logo no início do discurso, Lula afirmou que acreditava ter “desaprendido a falar depois de 580 dias trancado em uma solitária”. “Eu posso garantir a vocês que eu tive muita dúvida se deveria vir ou não. [...] Mas posso dizer para vocês uma coisa: sou um homem melhor do que aquele que entrou na cadeia, sou mais maduro”. 

Para criticar o governo de Jair Bolsonaro, ele disse acreditar que o país "está sendo destruído". Citou o viés neoliberal e citou pautas identitárias da esquerda. "Estou vendo a vendo a nossa cultura ser destruída, nossa ciência, nossas universidades, o nosso emprego serem destruídos. Eu estou vendo a sociedade, sobretudo a juventude, destruída. Estou vendo os ataques aos LGBTs, aos negros, aos índios. Eu estou vendo o crescimento do feminicídio. Eu estou vendo salários desprazimento. A aposentadoria cada vez mais distante do trabalhador. Estamos com dificuldades de reagir”.


Fonte: Diário de Pernambuco
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no site é de responsabilidade de quem comenta e não significa que seja o pensamento do site.
Material produzido pelo site é liberado para reprodução, desde que seja mantida a ética de citar a fonte.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India