SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Ceará tem o segundo maior número de inscritos do Enem no Nordeste

O Ceará o segundo maior número de inscritos no Nordeste para a versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Ao todo, são 3.112 candidatos cearenses que farão a prova na nova modalidades a ser a aplicada nos próximos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. As provas serão realizadas em janeiro e fevereiro de 2021.

No Estado, as cidades participantes da versão digital são Fortaleza, Sobral e Quixadá. As informações foram fornecidas pelo Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal ligada ao Ministério da Educação (MEC).

Ao todo, no Brasil, 96.086 candidatos se inscreveram para a versão digital do Exame. Já para a versão impressa tradicional, o número ficou em 5.687.271 inscritos. Em ambos os modelos de prova, o Ceará ficou em segundo lugar em relação ao número de inscrição em relação aos estados nordestinos, com 322.594 candidatos na versão impressa.

O Estado ficou atrás apenas da Paraíba, que registrou 3.483 cadastros na versão digital, e da Bahia, que teve 444.142 estudantes inscritos na versão impressa.

Enem digital

Esta é a primeira vez que o exame digital é disponibilizado. Segundo o Inep, neste primeiro ano, cerca de 100 mil alunos do último ano do Ensino Médio ou pessoas que já concluíram o período estudantil puderam optar pelo modelo-piloto. A nova versão, porém, não abrange alunos “treineiros” e participantes que necessitam de atendimento especial no Enem.

A implantação do modelo digital será progressiva, com previsão de consolidação em 2026, de acordo com o Inep. Entre os benefícios, conforme o órgão, além da economia para o meio ambiente com a ausência do papel, o Enem Digital deve permitir a utilização de novas abordagens nas questões, com vídeos, infográficos e até com a lógica de games.

A prova de 2020 terá três aplicações: a digital, a regular e a reaplicação. Segundo o Instituto, o último caso é para os participantes que tiverem problemas logísticos ou de infraestrutura durante a realização da prova digital. Estes terão direito à reaplicação, que ocorrerá em papel.

Candidato

Autônomo e já formado no ensino médio, Luís Neto, de 19 anos, é um dos candidatos a prestar vestibular para o curso de Nutrição na versão digital. “Na verdade, não apareceu vagas para a versão impressa em Fortaleza. O sistema deu a opção, mas constou apenas a versão digital como possível”, relata.

Com a pandemia do novo coronavírus, Luís retornou os estudos em casa. “Eu estou estudando à base de apostilas que eu já tenho, além das provas dos anos anteriores”, diz, acrescentando a esperança de que os modelos não sejam tão diferentes. “Que seja prática e não tenha falhas que possam nos prejudicar”.

Em relação ao período escolhido pelo MEC para a realização da prova, o autônomo se diz preocupado. “O ideal seria em maio. É o tempo para os alunos se prepararem com o retorno das aulas presenciais. Ao meu ver, seria muito melhor para o desempenho e rendimento dos alunos”, expõe.

Por G1 CE 
Reações:
Comentários
0 Comentários

0 comentários :

Postar um comentário

Cometários publicados no site é de responsabilidade de quem comenta e não significa que seja o pensamento do site.
Material produzido pelo site é liberado para reprodução, desde que seja mantida a ética de citar a fonte.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India