SIGA NOSSO BLOG NO TWITTER

CONTATO: narotadasnoticias@hotmail.com
SEJAM BEM VINDO....

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Brejo Santo - Caldeira do Inferno completa 59 anos neste sábado; confira a programação

Para comemorar os 59 anos da Caldeira do Inferno, a família de Chico de Sinésio com apoio da Secretaria de Cultura do município, Colégio Padre Viana e frequentadores do bar, estão organizando um evento para este sábado (15), à partir das 8 horas da manhã. O evento é ponto de partida para o Projeto Caldeira do Inferno Ano 60 em 2020.

Projeto que visa além de evidenciar a Caldeira e sua história, promover a cultura local com música, artesanato, exposições diversas e outras manifestações culturais.

A reportagem do Blog conversou com Pedro George, e segundo ele,  a intenção é que aconteça pelo menos um evento mensal, até junho de 2020.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

8 h 
Gideon do Forró

10 h 
Banda de Música Olívio Lopes Angelim

11 h 
Rômulo Cordeiro







Sobre a Caldeira do Inferno; por Fátima Teles

A Caldeira é um ponto muito frequentado pela classe média de Brejo Santo. O lugar é conhecido pela cerveja mais gelada da cidade e o repertório musical. Lá ele deixa tocar música popular brasileira, forró pé de serra , samba e até rock nacional. Os sábados são verdadeiros encontros de amigos de todas as idades.

Na Semana do Município, nas festividades alusivas ao aniversário da cidade, o sábado é mais alegre e no dia do desfile do Município é muito comum após o desfile os munícipes comemorarem nas mesas do calçadão onde se localiza o bar. O Colégio Padre Viana costuma reunir o grupo da Fanfarra José Teles para beberem em horas descontraídas depois da passagem do desfile.

No final do ano quando os filhos de Brejo Santo voltam ao torrão para festejarem as festas natalinas, a Caldeira é ponto certo de passagem para saborear a cerveja gelada. 

E no Carnaval, já nas prévias como sábado magro e sábado gordo pela manhã além das marchinhas oferecidas pelo próprio bar, a banda de música municipal sempre faz parada no ambiente para alegrar os foliões da terra.

As paredes do bar tem fotos de muitas gerações de amigos, políticos, etc.

Nas décadas passadas o bar era frequentado exclusivamente por homens,mas neste Século essa cultura vem sendo quebrada. Mulheres já se sentam nas cadeiras do bar e tomam sua cerveja sem problema.

Fonte: Blog do Mateus Silva

Penaforte-CE: Deputados estaduais visitam canteiro de obras da transposição do São Francisco e pedem pressa para conclusão da obra

Uma comitiva de deputados estaduais cearense visitaram o canteiro de obras da transposição do Rio São Francisco em Penaforte na manhã desta sexta-feira (14).

A comissão especial de acompanhamento das obras da transposição do Rio São Francisco no Cariri cearense veio a Penaforte liderada pelo deputado Guilherme Landim e foram recepcionados pelo prefeito Agábio Sampaio, pelo vice-prefeito Giovanni, pelos vereadores Nezinho Pereira, Jeová Junior, Wescley Fernandes e pelos representantes do Ministério da integração nacional e por representantes do consórcio Toniolo- Busnello responsável pelas obras.

Após a recepção a comitiva foi convidada para uma reunião, onde os responsáveis pelas obras apresentaram um slide com um cronograma sobre o andamento do projeto, os deputados ouviram as explicações dos representantes das obras e pediram explicações além do andamento, também sobre os recursos para a conclusão da obra, que segundo os representantes, as obras já estão com 95% construída e até dezembro de 2019 as águas do velho Chico chega a barragem de Jati.

Também ouviram que após aprovação do credito suplementar pelo congresso nacional para o governo federal no valor de 248,9 bilhões, 550 milhões será destinado para as obras da transposição, ainda de acordo com o representante do ministério da integração nacional, essa valor já foi sinalizado para o MI e será o suficiente para a conclusão da obra.

O deputado Guilherme Landim, se mostrou otimista em relação as obras, com a garantia desse dinheiro, mas se disse preocupado com a falta de recursos para o cinturão das águas (CAC) que levará água da barragem de Jati para o açude  Castanhão e também para a região metropolitana de Fortaleza.
deputados Guilherme Landim (PDT), presidente da comissão, Walter Cavalcante (MDB), Nelinho Freitas (PSDB), Augusta Brito (PCdoB), Marcos Sobreira (PDT), Nezinho Farias (PDT) e Nizo Costa (PSB). Alem de Nelson Martins, assesor institucional da Casa Civil, Yuri Castro superintendente da Sohidra e João Lúcio Presidente da Cogerh. Também estiveram participando da visita, prefeitos e vereadores de outros municípios.
Após a visita em  Penaforte a comissão de deslocou para Missão Velha para visitar o canteiro do cinturão das águas (CAC).

Ceará está desabastecido de soro antirrábico há quase um mês

O cachorro, de uma hora para outra, começou a vomitar. Preocupado, o comerciante Rinaldo Lacerda tentou administrar um remédio na boca do animal, que fechou sobre sua mão. "Ele não me atacou", esclarece; mas a presa já havia penetrado num dedo e o ferimento já havia sido aberto. Começou aí a peregrinação de Rinaldo em busca do soro antirrábico, indicado para tratamento o mais rápido possível após exposição grave ao vírus rábico, provocada por um animal suspeito. Na busca, fez a grave constatação: o remédio está em falta no Ceará.

A mordida ocorreu no dia 3 de junho. No mesmo dia, o comerciante tomou a primeira das quatro vacinas recomendadas para profilaxia na cidade de Senador Pompeu, onde mora. Quanto ao soro, nada. Ligou para todas as Regionais de Saúde próximas ao município, mas nenhuma tinha o material disponível. No dia seguinte, o cachorro morreu, agravando a aflição. "Me aperreei e fui procurar em vários lugares. Esse soro não vende em clínica particular. Me disseram para ir pro Hospital São José, em Fortaleza".


Rinaldo chegou à Capital no dia 5. Mas o soro nem previsão de chegada. Nos dias 6 e 10, tomou mais duas vacinas; enquanto isso, continuou procurando alternativas. Quando enfim achou o soro - em Cajazeiras, na Paraíba, a 220 km de onde mora -, já havia passado o prazo de sete dias recomendado para recebê-lo. De acordo com o Ministério da Saúde, a utilização do soro tem como objetivo desenvolver anticorpos neutralizantes no local de exposição, antes de o paciente começar a produzir os seus próprios anticorpos. Ele deve ser administrado somente uma vez, de preferência no ferimento ou outra porta de entrada do vírus, de forma imediata e concomitante à aplicação da primeira dose da vacina pós-exposição.

Repasse defasado

"Quando eu estava no hospital, vi duas pessoas com o mesmo problema: uma com mordida de gato, outra com arranhão. Fica o alerta porque já estava faltando o soro há uma semana. Acho um descaso muito grande; eu poderia morrer por causa disso. E ainda não estou livre do que pode acontecer", lamenta o homem. Resta esperar o dia 17, data marcada para a administração da última vacina.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) não nega: falta soro antirrábico. No entanto, garante, o problema é com o repasse do Ministério da Saúde. "O Estado do Ceará encontra-se em situação de desabastecimento do soro. No dia 20 de maio, recebeu 20 ampolas", informou o órgão, em nota. A Pasta federal foi procurada pela reportagem, mas não enviou resposta até o fechamento desta edição.

Por outro lado, conforme a Sesa, o estoque de vacinas antirrábicas, cujo repasse também é feito pelo Ministério da Saúde, está regular. Embora a doença apresente casos raros - no Ceará, de 2007 a 2018, foram contabilizados apenas cinco episódios -, ela preocupa porque é quase totalmente fatal. A prevenção é feita principalmente pela vacinação de animais que participam do ciclo urbano da doença, como cães e gatos.

Precaução

Em 2018, o Estado vacinou 1.677.899 animais (81%) e superou a meta de 80% durante a Campanha de Vacinação Antirrábica. No entanto, segundo a Secretaria, a vacina está disponível nos centros de zoonoses no ano inteiro para cachorros e gatos, machos e fêmeas, a partir de três meses completos de vida. O reforço deve ser realizado após 30 dias da primeira vacina. A Pasta ratifica a importância de que os responsáveis levem os cachorros com coleira e os gatos em caixa apropriada, para evitar fugas e acidentes.

Já na cadeia silvestre, o morcego é o principal responsável pela manutenção da doença. A recomendação é que qualquer pessoa agredida por cão, gato, morcego ou outro mamífero lave o ferimento imediatamente com água corrente, sabão ou outro detergente e, em seguida, aplique antissépticos, como o álcool iodado. Em seguida, deve procurar a unidade de saúde mais próxima.

Nos casos de agressão por cães e gatos, quando possível, o animal deve ser observado por dez dias para saber se ele manifesta doença ou morre. O Ministério da Saúde orienta ainda evitar se aproximar de cães e gatos sem donos. Já os animais silvestres não devem ser tocados.

Fonte: Diário do Nordeste

terça-feira, 11 de junho de 2019

Sergio Moro vai prestar esclarecimentos no Senado na próxima semana

Ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro, Sergio Moro vai prestar esclarecimentos na Comissão de Constituição e Justiça do Senado na próxima semana, dia 19. 

A motivação da presença do ex-juiz ao parlamento é dar explicações sobre o conteúdo das reportagens do site The Intercept Brasil que aponta supostas irregularidades na condução do processo contra o ex-presidente Lula, preso em 2018.

O site, que teve acesso a conteúdos particulares da rede social Telegram, mostra uma relação próxima entre o então juiz Moro e o chefe da Força-Tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, procurador Deltan Dallagnol.  

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que tomou conhecimento da visita do ministro à comissão através do líder do governo na Casa, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PB). 

"Nós temos que aguardar com muita cautela e responsabilidade o desenrolar dos próximos passos em relação a essas notícias antes de tomar as decisões. A vinda do ministro Moro será, sem dúvida, uma oportunidade para os senadores terem acesso a todas as repostas que julgarem necessárias", publicou no Twitter o presidente do Congresso. 

Ainda em relação à sessão que deve receber o ministro da Justiça, Alcolumbre afirmou que o Senado Federal vai abrir espaço "para uma ampla discussão sobre o cibercrime e sigilo de dados digitais".

Declarações

Oficialmente, Moro já se pronunciou sobre o assunto. Em nota, o ministro lamentou a "falta de indicação de fonte de pessoa responsável pela invasão criminosa de celulares de procuradores". Ele criticou também a opção do site de não procurar os personagens envolvidos na reportagem antes da publicação. 

"Quanto ao conteúdo das mensagens que me citam, não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato”, escreveu.

Fonte: Diário do Nordeste

Jovem tenta vender celular furtado pela internet e acaba detido em Salgueiro

Um jovem de 20 anos foi detido por policiais militares do 8ᵒ BPM nessa segunda-feira, 10, ao tentar comercializar pela internet um aparelho celular que tinha sido furtado no último sábado, 8, no bairro Planalto, em Salgueiro.

De acordo com a polícia, o proprietário do aparelho fingiu que iria comprá-lo e marcou um encontro com o suspeito. A tática funcionou e ele acionou a Polícia Militar. O acusado foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, que abriu inquérito para investigar os fatos.  

Fonte: Blog Alvinho Patriota

Penaforte-CE: 6ª Edição da Tradicional Missa do Vaqueiro (Cição) Foi Realizada

Com o intuito de homenagear o vaqueiro Cicero Andrade Taveira "Cição" foi realizado no último domingo (09) a 6ª edição da tradicional Missa e Cavalgada em homenagem ao vaqueiro "Missa do Vaqueiro".
O evento teve inicio pela manhã na fazenda São Sebastião no sitio Montevidéu onde os vaqueiros foram recepcionados e em seguida saíram em cavalgada percorrendo as principais ruas da cidade com destino a fazenda "Cição" no sitio Massapê.

Durante o percurso foi realizada homenagens ao vaqueiro "Cição" e uma parada em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde, onde foi realizado um breve  momento de oração, pedindo bênçãos e proteção sobre os vaqueiros.


Em seguida a cavalgada comandada pelo aboiador Inácio de Petrolina e também pelo  locutor Walter Cruz   seguiu seu destino chegando na fazenda por volta do meio dia, um almoço foi servido aos vaqueiros e ás 14:00 horas aconteceu a tradicional de pega de boi no mato.

As 17:00 horas a santa missa foi celebrada pelos Padres, Lindomar da Matriz de Nossa Senhora da Saúde de Penaforte e pelo padre Lourival Taveira. Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Salgueiro-PE.

Após as homenagens e o evento religioso, o evento foi encerrado com muito forró com as atrações: Pisadinha Show, Ronaldo Nogueira e forró Chama Gado.

Os organizadores agradeceram a presença de todos que participaram deste dia de homenagens que chegou a 6ª edição e que tem crescido a cada ano e que já tradição no segundo domingo do mês de junho.
















Fotos: Na Rota das Notícias e Felipe Ferreira

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Deputado apresenta projeto de lei apelidado de "Lei Neymar da Penha"

O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) protocolou, nesta quinta-feira (6), na Câmara dos Deputados, projeto de Lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual. Caso o projeto seja aprovado, pessoas que fizerem acusações mentirosas sobre crime de estupro, por exemplo poderão ter a pena aumentada em até um terço.

O PL está sendo proposto dentro do contexto da suposta agressão sexual que Neymar Júnior, jogador do time de futebol francês Paris Saint-German e da Seleção Brasileira, teria cometido contra a modelo Najila Trindade Mendes Souza. Ontem, um vídeo mostrando a modelo agredindo o jogador fez com que grande parte dos internautas nas redes sociais tomassem o partido do jogador.
Jordy informou que já tinha a intenção de apresentar este projeto, mas ele seria protocolado depois das pautas econômicas, que são prioridade para a retomada do crescimento e geração de emprego no País. Contudo, o caso envolvendo Neymar levou sua equipe a priorizar este projeto de lei.

"Denunciações caluniosas já são graves e absurdas por si só mas quando envolvem estupro, isso destrói a vida do acusado porque não existe crime mais abjeto do que esse. Isso deixa todo mundo indignado", disse o parlamentar. "Sem dúvida alguma, o momento atual foi determinante para que apresentássemos o PL", emendou. 

No Twitter, a proposta de Jordy provocou a reação de internautas que interagiram com o post e o batizaram de "lei Neymar da Penha", em referência à Lei Maria da Penha, que criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, com base na história da ativista cearense na luta pela vida das mulheres.. 

Durante toda a manhã, a hashtag mais mencionada no Brasil foi a #EstupradaDeTaubaté, em alusão ao caso da "grávida de Taubaté". Na ocasião, uma mulher da cidade paulista fingiu estar grávida de quadrigêmeos e ficou famosa após aparecer em diversos programas de TV e receber doações de todo o País. Os internautas estão comparando a modelo que acusa o jogador da seleção brasileira de estupro e agressão com a "grávida de Taubaté".

Fonte: Estadão

Hospitais de Fortaleza têm atraso de medicamentos para transplantados: 'meu neto tomou remédio de uma garota que faleceu'

Medicamentos essenciais para sobrevida de pacientes que passaram por transplante de órgãos estão com abastecimento instável em pelo menos dois hospitais de Fortaleza: Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC). As fórmulas Everolimo, Tacrolimo e Sirolimo são de uso diário obrigatório – e o repasse federal, conforme a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), sofreu atraso de três meses.

O órgão estadual informou que “a programação e distribuição de medicamentos do MS [Ministério da Saúde] para os estados ocorre a cada três meses”, mas o prazo não foi cumprido, neste ano. Para o segundo trimestre, o Ceará programou 109 itens, dos quais oito são imunossupressores – itens que chegaram pela metade.

“Foram programados 146.280 comprimidos do Everolimo 1 mg, cuja entrega estava prevista para até 31 de março, para abastecimento de abril, maio e junho. Recebemos 73.140 comprimidos (50%) do MS, na última segunda-feira (3). Sobre o Sirolimo 1mg, foram programados 30.900 comprimidos – no dia 3, recebemos 24 mil (77%)”.

Em nota ao G1, o Ministério da Saúde não justificou o atraso, afirmando apenas que “concluiu todos os processos de licitação para compra de medicamentos”, que “estão sendo enviados, ao longo deste mês, para as secretarias estaduais”.

Prejuízos
Convivendo com os cuidados com a saúde do neto desde que ele nasceu, a dona de casa Xênia Mota, 65, precisou “se virar” por três meses, no início deste ano, para não deixar Yago Melo, 14, sem as duas doses diárias do imunossupressor.

Diagnosticado no primeiro ano de vida com cistinose – doença genética rara que gera a falência dos rins –, o garoto realizou um transplante renal em 2017 e passou a depender do medicamento para evitar rejeição do órgão e sobreviver.

Um dia sem tomar o medicamento é suficiente para alterar o quadro e prejudicar o desempenho do organismo, como explica o chefe do serviço de transplantes de fígado do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), José Huygens Garcia. “É essencial, não pode faltar nem um dia, sob risco de perder o órgão. Depois de um mês sem o imunossupressor, é muito difícil recuperar."

O HUWC confirmou que “dos nove tipos de imunossupressores dispensados, três estavam em falta” e que a distribuição foi regularizada terça-feira (4). O hospital reforçou, ainda, a dependência em relação ao Ministério da Saúde (MS) e à Sesa para abastecer a farmácia ambulatorial.

Abastecimento
Dr. Huygens avalia os prejuízos da escassez do fármaco e reconhece a formação de uma rede de colaboração entre os pacientes. “Houve muita dificuldade de abastecimento, gerando um movimento em que quem tinha mais cedia ao outro, para de alguma forma substituir. Mas isso é um caos. O transplante é um procedimento que envolve muitos custos, e o maior deles é a doação. Um órgão é um bem raro, de valor inestimável, inclusive para as famílias que doam”, avalia o médico.

A chegada de nova remessa dos imunossupressores, na terça-feira, é vista com alívio pelo médico do HUWC, mas não anula a tensão pela instabilidade nos repasses. “A previsão de chegada era até maio, e chegaram agora. Nós estamos muito preocupados. Porque se a pessoa tiver rejeição crônica por falta de medicação, perde o órgão. Se for rim, volta pra hemodiálise ou pra fila de transplante. Se for fígado, precisa de outro ou falece.”

O temor pela vida do esposo, aliás, tem tomado dias e noites da dona de casa Gerlane Melo, 39. Giuliano Menezes é transplantado renal há oito anos e toma o Everolimo desde o procedimento – rotina interrompida há um mês, quando o fármaco faltou no HUWC pela primeira vez, impedindo o vigilante de acessar o tratamento. “É um medicamento pra sobreviver, e ele já está se queixando de dor. Nosso medo é entrar na máquina (hemodiálise) de novo ou ele poder chegar a óbito. Não queremos passar esse sofrimento”, desabafa Gerlane.

Outro problema apontado por ela é a dependência total em relação ao estado e ao Ministério da Saúde, já que o imunossupressor não é comercializado.

“É uma medicação de custo significativo, e o paciente não pode nem fazer o esforço de comprar. O Everolimo chegou a faltar mesmo, precisamos substituir de forma precária. O Tacrolimo, que é o mais importante e usado, chega de forma insuficiente, às vezes só de 1mg, e não de 5mg”, relata o médico sobre a realidade do HUWC.


Fonte: G1 CE

Com os melhores resultados da educação na história, 182 municípios cearenses recebem Prêmio Escola Nota Dez

A educação cearense alcançou os melhores resultados de sua história no ano de 2018. E como forma de recompensar e estimular o trabalho desenvolvido nos municípios, uma grande festa nesta quinta-feira (6), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, marcou a entrega do Prêmio Escola Nota Dez para as melhores escolas públicas do ano passado, em 182 municípios. Promovido pelo Governo do Ceará, a iniciativa realizou 337 premiações em sua 11ª edição. O governador Camilo Santana marcou presença, acompanhado da vice-governadora Izolda Cela e da secretária da Educação, Eliana Estrela.

O Centro de Eventos recebeu milhares de educadores de diversas cidades do Ceará para receber a premiação das mãos do governador, com muita festa. “Hoje é um dia de reconhecimento ao trabalho que vem sendo desenvolvido há anos no Ceará. É uma política que cada vez mais vem sendo ampliada, aperfeiçoada, pactuada com os municípios. É uma política continuada, meritocrática, que tem premiado alunos, professores, escolas, municípios, e o resultado está aí. O Ceará saiu em 2007 de 39% de alunos alfabetizados na idade certa para praticamente 90% das crianças do 2° ano alfabetizadas. Todos os indicadores têm melhorado. Em 2018 foram os melhores resultados desde quando o Programa (de Alfabetização na Idade Certa) se iniciou e é por isso que o Ceará hoje tem o reconhecimento de ter a melhor educação pública do Ensino Fundamental do país. Inclusive, no último IDEB, das 100 melhores escolas públicas do Brasil, 82 são do Ceará. Então, esse é o momento de reconhecer o trabalho de todos pela educação, que é a coisa mais importante para transformar o país, os estados e as cidades”, enfatizou o chefe do Executivo.

Das premiações entregues às escolas na 11ª edição do prêmio, 150 foram para os melhores resultados de alfabetização na idade certa ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Já com relação à avaliação dos estudantes nas disciplinas de Português e Matemática, critério adotado para premiar as escolas pelo desempenho de suas turmas do 5º e 9º anos, foram mais 150 e outros 37 prêmios, respectivamente.A avaliação alcançou 283.420 alunos das três séries de 5.142 escolas públicas.

Entusiasta e parte importante nesse modelo educacional adotado pelo Ceará na década passada, a vice-governadora Izolda Cela reconhece a importância da pactuação com os municípios. “É uma renovada alegria encontrá-los neste momento para celebrarmos a educação pública das crianças e jovens no Ceará. Isso acontece porque somos muitos e somos bem articulados. As gestões municipais também são responsáveis por isso e com isso os bons resultados só aumentam. Este trabalho está sustentando a educação do Ceará e todos os outros bons resultados que o Ceará atingiu ao longo dos últimos anos” destacou Izolda.
No início do Programa, apenas 14 municípios estavam no padrão desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2018, esse número saltou para 182. Quanto ao 5º ano, nenhum município cearense em 2008 apresentou média no nível adequado em Português e Matemática. Em 2018, 65 municípios já se encontravam com proficiência média no nível adequado nas duas disciplinas. No 9º ano é possível identificar que em Língua Portuguesa são 155 municípios nos melhores níveis e em Matemática são 48. Em 2010 eram 7 em Língua Portuguesa e 4 em Matemática. Mais uma vez, o Ceará obteve avaliação positiva em todos os municípios nesta etapa da educação básica.

Avaliação
Para conquistar a premiação, as escolas devem ter, no momento da prova, pelo menos 20 alunos matriculados na série avaliada, além de ter, no mínimo, 90% de participação de alunos. No 2º ano, a pontuação deve ficar entre 8,5 e 10, enquanto nos 5º e 9º anos os estudantes devem obter notas entre 7,5 e 10 em Português e Matemática.

As informações dos resultados são colhidas através do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará (Spaece), desenvolvido pela Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com os 184 municípios cearenses. Os dados apresentados constatam os avanços obtidos com o Programa Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), como reconhece a secretária Eliana Estrela. “Celebramos o início do Programa de Alfabetização na Idade Certa. Nós estamos implantando um programa que garante às crianças a alfabetização na idade certa e a base necessária para que elas sigam com uma base sólida para desenvolver a aprendizagem. O governador Camilo Santana teve a decisão de continuar com a política de educação, valorizando o ensino médio e contribuindo para que os bons resultados na educação sempre permaneçam”, enalteceu Eliana.

Desde 2015, o Governo do Ceará desenvolve o Mais Paic – Programa Aprendizagem na Idade Certa. Essa medida tem como finalidade ampliar o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do EF, passou a atender também do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II nas escolas públicas cearenses. As estratégias para alcançar a melhoria nestes níveis de ensino incluem o acompanhamento das escolas, a formação de professores e a utilização de material didático.

Reconhecimento
A premiação para cada escola é de R$ 2 mil por aluno avaliado. Aquelas que precisam melhorar seu desempenho no processo avaliatório também recebem um estímulo de mil reais por estudante. O pagamento é feito em duas parcelas, sendo a primeira equivalente a 75% do valor total que cada unidade tem direito, mediante aprovação pela Seduc do Plano de Aplicação de Recursos Financeiros. O restante será quitado após a escola comprovar a execução da ação de cooperação técnico pedagógica com as escolas que tenham obtido os menores resultados; apresentar manutenção ou elevação do bom desempenho alcançado e a melhoria dos resultados da escola apoiada.

Crateús teve nove escolas premiadas e mais 24 que conquistaram nota 10. Segundo a secretária municipal de Educação, Luiza Aurélia Teixeira, com o valor conquista por conta da premiação, o Município vai seguir investindo para ampliar os bons resultados na área. “Nós temos investido em planejamento, formação de professores, livros didáticos e paradidáticos. Temos também investido em livros para trabalhar os conteúdos de Língua Portuguesa e Matemática para melhorar nosso desempenho no 9° ano. Ainda estamos querendo informatizar nosso sistema educacional e adquirir mais equipamentos” comunicou a gestora.

Além desse incentivo através de recursos financeiros para que as escolas possam melhorar suas estruturas, o Prêmio Escola Nota Dez reforça o sentimento de satisfação nos docentes por participarem de maneira fundamental da formação das novas gerações, segundo Maria Rosenilda, coordenadora da Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Antônio Laurênio de Oliveira, no Cedro, na Região Centro-Sul. “Isso desperta o interesse do professor. Ser reconhecido como o professor que ajudou a criança a ler e aprender é muito gratificante para o educador. Nosso objetivo é aprimorar cada vez mais o aprendizado de nossos alunos”, disse a pedagoga.

Fonte: Governo do Ceará

Lula se torna réu em mais um processo na Justiça

A Justiça Federal em Brasília aceitou, nesta quinta-feira (6), uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O petista é suspeito dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além de Lula, os ex-ministros Antônio Palocci e Paulo Bernardo também são alvos na investigação. Juntos, eles são suspeitos de terem recebido propina do empresário Marcelo Odebrecht em troca de favores políticos.    

Com a aceitação da denúncia nesta quinta-feira, Lula se torna réu pela décima vez em processos na Justiça Federal. No entanto, atualmente ele responde a sete ações penais. O ex-presidente já foi condenado nos casos do tríplex do Guarujá e o do sítio de Atibaia. A Justiça absolveu Lula no processo que diz respeito à suposta compra do silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Por meio de nota, a defesa do ex-presidente afirmou que “Lula jamais solicitou ou recebeu qualquer vantagem indevida antes, durante ou após exercer o cargo de Presidente da República”.

Segundo os advogados, “Lula sequer foi ouvido na fase de investigação, uma vez que claramente não tem qualquer relação com os fatos. Seu nome somente foi incluído na ação com base em mentirosa narrativa apresentada pelo delator que recebeu generosos benefícios para acusar Lula”.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Médica Patrícia Belfort faz desabafo sobre doenças que estão afligindo população de Salgueiro

Nos últimos meses eclodiram em Salgueiro casos de dengue, chikugunya, meningites, H1N1, entre outras enfermidades. Diante desse quadro preocupante, a médica endocrinologista Patrícia Belfort publicou um texto no Facebook nessa quarta-feira, 5, desabafando sobre a situação da área da saúde no município. Na publicação, a profissional do Pronto Socorro São Francisco fala sobre os desafios de enfrentar essas doenças e lembra que toda a sociedade tem uma parcela de culpa.

Confira o texto na íntegra:

O ano de 2019 tem sido muito difícil pra todos os profissionais da saúde pública e privada da nossa região. Atendemos diariamente nas emergências casos de doenças infecto contagiosas que variam de formas leves a formas graves. A dengue, a chicugunya, as meningites, o H1N1, a doença de Chagas, a leishmaniose voltaram a nos assombrar, mas agora de forma mais intensa e até assustadora. Só quem está dentro dos hospitais convive com a angústia de nem sempre ter bons resultados e também com a tristeza de verem muitos padecer por falta de mínima assistência de saúde.

Entre governos e população todos tem uma parcela de culpa, essas doenças apenas traduzem a pobreza de nosso povo, a falta de higiene, o calendário vacinal atrasado, a demora em procurar assistência e por vezes a assistência que não é dada de forma adequada. Tenho me sentido incapaz diante do que está acontecendo porque a solução não está só em minhas mãos.

Lembro dos filmes americanos que sempre saem sobre o fim dos tempos associado a pragas que dizimam a população como um vírus devastador. Não sei nem o alerta que posso dar diante de tantas doenças. Vamos orar bastante pra que isso seja só um período ruim.

Fonte: Blog de Alvinho Patriota

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Operação erradica 3.200 pés de maconha em Cabrobó

A continuidade da operação Macambira resultou na erradicação de 3.200 pés de maconha, nesta quarta-feira (05), em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. A ação foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), 12º Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) de Petrolina.

As roças foram encontradas a partir de um levantamento prévio realizado pela Base de Operações Aéreas da PRF. Na ocasião, foram visualizadas plantas com características semelhantes às da Cannabis Sativa. A plantação poderia produzir 240 quilos da droga

Além dos pés de maconha, os policiais destruíram equipamentos utilizados no plantio da droga. Ninguém foi encontrado nos locais visitados.

O delegado do 12º Denarc, Dark Blacker, participou das incursões e irá investigar os responsáveis pelas plantações.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha , Car Price in India